Baden-Powell


O criador do movimento escoteiro

Em 22 de fevereiro de 1857, nascia em Londres, capital da Inglaterra, o menino Robert Stephenson Smith Baden-Powell, que mais tarde seria conhecido no mundo inteiro como fundador do escotismo.
O menino Robert, fez seus estudos em escolas públicas, onde era muito popular e querido por todos, colegas e professores. Nas férias ele sempre aproveitava para acampar com seus irmãos mais velhos. Desde sua Infância era grande o seu amor pela aventura e pela natureza.
Quando terminou seus estudos secundários, Baden-Powell ingressou no exército. Como oficial de carreira, viajou muito; conhecendo grande parte do mundo. Durante suas viagens, conheceu tribos de guerreiros da África, os vaqueiros americanos e conviveu com os índios da América e do Canadá.
Durante a guerra do Transvaal, em 1899, B. P. comandou a guarnição de Mafeking, importante entrocamento ferroviário, cuja posse era de grande valor estratégico. A cidade foi durante meses, vítima de ataques de forças inimigas muito superiores, e só manteve graças a inteligência e a coragem de seu comandante, cujas atitudes inspiravam a ação de seus comandados.
Como dispunha de poucos soldados, B. P. treinou todos os homens válidos da cidade, para usa-los como combatentes e para os serviços auxiliares; primeiros - socorros, comunicações, cozinha, etc, organizou um corpo de cadetes com os adolescentes da cidade. A maneira como os jovens desempenhavam suas tarefas, seus exemplos de dedicação, lealdade, coragem, causaram grande impressão em Baden Powell, e anos mais tarde, aquele acontecimento teria grande importância na criação do escotismo.
Graças a seus feitos militares, Baden-Powell, tornou-se herói em seu país, a Inglaterra. Durante uma viagem a sua pátria, Baden Powell viu alguns meninos usando em suas brincadeiras um livro que ele havia escrito para exploradores do exército, que continha ensinamentos sobre como acampar e sobreviver em regiões selvagens. Conversando com seus amigos, ele entusiasmou-se e resolveu realizar em 1907, na ilha de Brownsea, um acampamento com vinte rapazes de 12 a 16 anos, onde ensinou uma porção de coisas importantes, como: primeiros socorros, observação, técnicas de segurança para a vida na cidade e na floresta, etc.
Devido aos bons resultados desse acampamento, B. P. , começou a escrever o livro Escotismo para Rapazes, que inicialmente foi publicado em fascículos e vendido nas bancas de jornais.
Os jovens ingleses se entusiasmaram tanto com o livro, que B. P. , organizou e fundou o Movimento Escoteiro.
Rapidamente o escotismo se espalhou por vários países do mundo. No Brasil o escotismo foi fundado em 1910 na cidade do Rio de Janeiro.
No primeiro acampamento mundial que os escoteiros chamam de Jamboree, realizado na Inglaterra, os vinte mil jovens escoteiros, aclamaram Baden Powell, Escoteiro Chefe Mundial.
Depois de vários anos de dedicação ao Escotismo, viajando pelo mundo e fundando associações escoteiras em vários países, B. P. , sentiu suas forças declinarem. Retirou-se então para uma pequena propriedade que possuía próximo a cidade de Nairobi, na África. Ali, em companhia de sua esposa dividia seu tempo entre a pintura, sua numerosa correspondência e as visitas de seus amigos. Faleceu na madrugada de 8 de janeiro de 1941, enquanto dormia.

Mensagem de Baden-Powell aos monitores


Mensagem escrita por Baden-Powell dedicada aos monitores escoteiros

"Uma Palavra aos Monitores:
Quero que vocês, Monitores, entrem em ação e adestrem suas Patrulhas inteiramente sozinhos e à sua moda porque, para vocês, é perfeitamente possível pegar cada rapaz da Patrulha e fazer dele um bom camarada, um verdadeiro Homem. De nada vale ter um ou dois rapazes admiráveis e o resto não prestando para nada. Vocês devem procurar fazê-los todos positivamente bons.
Para conseguir isso, a coisa mais importante é o próprio exemplo, porque, o que vocês fizerem, os seus Escoteiros tambem farão.
Mostrem a todos eles que vocês sabem obedecer às ordens dadas, sejam elas ordens verbais, ou sejam regras que estejam escritas ou impressas; e que vocês cumprem ordens, esteja ou não o Chefe Escoteiro presente. Mostrem que conseguem conquistar distintivos de Especialidades e, com um pouco de persuasão, os seus rapazes seguirão o seu exemplo.
Mas, lembrem-se que vocês devem guiá-los, e não empurrá-los."

Última Mensagem de Baden-Powell


A última mensagem que o fundador deixou para os escoteiros antes de sua morte

Encontrado em meio aos papéis de Baden-Powell depois de sua morte em 8 de janeiro, 1941.

Caros Escoteiros:
Se vocês já assistiram a peça "Peter - Pan", lembrar-se-ão que o chefe dos piratas estava sempre fazendo o seu discurso de despedida, temendo que, ao chegar a hora de morrer, não tivesse tempo, talvez, de pronunciá-lo.
Passa-se o mesmo comigo, e assim, embora não esteja morrendo neste momento, isto irá acontecer qualquer dia destes, e desejo mandar a vocês uma última palavra de adeus.
Lembrem-se: esta é a última coisa que vocês ouvirão de mim, portanto, meditem sobre ela.
Tenho levado uma vida cheia de felicidades, e desejo que cada um de vocês tenha também uma vida igualmente feliz.
Creio que Deus nos colocou neste delicioso mundo para sermos felizes e saborearmos a vida.
A felicidade não vem da riqueza, nem do sucesso profissional, nem do comodismo da vida regalada e da satisfação dos próprios apetites.
Um passo para a felicidade é, quando jovem, tornar-se forte e saudável, para poder ser útil e gozar a vida quando adulto.
O estudo da natureza mostrará a vocês quão cheio de coisas belas e maravilhosas Deus fez o mundo para o nosso deleite.
Fiquem contentes com o que possuem e tirem disso o melhor proveito. Vejam o lado bom das coisas em vez do lado pior.
Mas, o melhor meio para alcançar a felicidade é proporcionando aos outros a felicidade.
Procurem deixar este mundo um pouco melhor do que o encontraram, e, quando chegar a hora de morrer, poderão morrer felizes sentindo que pelo menos não desperdiçaram o tempo e que procuraram fazer o melhor possível. Deste modo estejam "bem preparados" para viver felizes e para morrer felizes.
Mantenham-se sempre fiéis à sua Promessa Escoteira, mesmo quando já tenham deixado de ser rapazes, e Deus ajude a todos a procederem assim.
Do amigo
Lord Baden-Powell of Gilwell


Voltar para página principal